DG

blogger com Doses na medida certa sobre gestão, finanças e empreendedorismo para administradores e gestores

DG

Já pensou em ser sócio de grandes empresas? | Invista na Bolsa

Já imaginou como seria se tivesse participação societária em grandes empresas, se pensa que precisa ter muito dinheiro, acredito que você necessita entender um pouco mais sobre como funciona o mercado de Ações.

Investir em grandes empresas, também chamadas de Sociedades Anônimas de Capital Aberto é mais fácil do que possa imaginar e está ao alcance de qualquer pessoa, quando um investidor adquire um dos papeis emitidos por estas empresas se torna sócio e pode também ter participação nos lucros.

Existem muitas vantagens em ser um acionista de grandes empresas, uma delas é a possibilidade de aumentar e valorizar seu patrimônio pessoal, antes vou explicar o que são as Ações e com isso abrir seu horizonte para possibilidades de se tornar um investidor.

O QUE SÃO AÇÕES?

É bem comum quando alguém ouve o termo “Ações” vir à mente cena de filmes antigos com muita gente gritando dizendo que compra ou vende esses papeis em um ambiente abarrotado de engravatados com telefones sem fio na mão.

Se essa imagem veio à sua mente você não é o único.
Hoje as negociações são feitas via plataforma chama Home Broker, você pode operar esta plataforma no site ou aplicativo da sua corretora.

Essa imagem é passado, em termos simples uma Ação é uma fração do capital social de uma grande empresa, e esta emite ações para conseguir dinheiro para investir na sua operação, quando você adquire essa pequena fração, você se torna um sócio dessa companhia.

Para melhorar sua compreensão, vamos imaginar uma empresa que cresce muito no seu segmento e pretende expandir suas atividades, ela tem opção de ir a um banco fazer empréstimos, mas os juros cobrados por esta operação são muito altos, ela decide então buscar esses recursos financeiros diretamente de pessoas físicas ou com outras empresas.

O que ela faz então? Abre o seu capital, por isso são chamadas de Companhias de Capital Aberto, essa abertura de capital significa que ela fracionou ou dividiu seu capital social em pequenos pedaços e cada pedaço é uma ação que pode ser adquirida por qualquer pessoa, até mesmo você que agora ler este artigo.

Em uma empresa com dois ou mais sócios, as famosas LTDA os sócios são chamados sócio quotistas porque o capital desta empresa é divido em Quotas, no caso de uma S.A de capital aberto os sócios são chamados de Acionistas tendo em vista que seu capital é divido em Ações.

POR QUE INVESTIR EM AÇÕES?

Primeiro a possibilidade de ganhos maiores que a poupança. Muitos ainda tem medo ou imaginam que deixar o dinheiro na poupança é a melhor opção, não sabem que o rendimento deste tipo de aplicação não deve ultrapassar 05% ao ano, pode ocorrer que o este rendimento não consiga nem acompanhar a inflação.

Investir em ações também possibilita outros ganhos, o investidor pode ganhar com a valorização do título, a exemplo, no momento da compra o papel é adquirido a R$ 18,00 e horas ou dias depois passa ser cotado a R$ 20,00 caso o investidor opte por vender ganhou R$ 2,00 sobre o capital investido nesta operação.

Neste caso ele obteve um retorno de pouco mais 11% sobre o capital investido, muito maior e em um espaço de tempo menor que se comparado com a poupança.

Caso o investidor decida permanecer com o título, ao final do exercício ou cada ano a empresa divide parte do lucro com seus acionistas, algumas dividem até 10% do lucro auferido no período, esse valor chama-se dividendos e cai direto na conta que o investidor abriu na corretora.

Se ainda não sabe o que é corretora, aconselho a ler o artigo Aprenda a Investir na Bolsa de valores, apenas clicando Aqui.

Outra vantagem de investir em Ações é a possibilidade de acertar em cheio em uma empresa que está em crescimento e ver seu investimento valorizar milhares de vezes.

Vejamos o caso das da Lojas Americanas, segundo reportagem da Revista Exame de 2011, os papeis desta rede valorizou incríveis 3.700% em cinco anos, saiu do valor de R$ 3,30 em 2002 e chegou a valer R$ 127,61 em 2007.

Outro ponto relevante quando se escolhe empresas sólidas no mercado é a liquidez, a possibilidade de vender as ações e ter de volta o capital investido em um curto espaço de tempo.

O QUE EU FAÇO AGORA?

Comece por definir um valor fixo mensal que vai separar da sua renda e direcionar para investimentos, analise de quais companhias pretende ser acionista, pode escolher grandes redes de comercio varejista, bancos, mineradoras e outras.

Abra a conta na corretora de sua preferência e deposite um valor pequeno, pode começar com R$ 100,00.

Acesse a plataforma de investimentos e procure entender seu perfil de investidor. Se ainda não sabe qual é o seu perfil, VEJA artigo Aprenda a Investir na Bolsa de valores e baixe o questionário de avaliação de investidor.

Desenvolva o habito de investir, quando você investe a pessoa que você é hoje ajuda a pessoa que você vai ser no futuro.

Vire um especialista em finanças, comece por ler os artigos do blog Doses de Gestão sobre finanças, investimentos e empreendedorismo.

Salve este blog no seus favoritos, siga nossas redes sociais e compartilhe essas dicas com seus amigos.

Já que chegou até aqui, aproveite e baixe agora o Guia Prático para Empreendedores Iniciantes, clique AQUI. É rápido, fácil e o melhor é de graça.

Curta nossos artigos e compartilhes com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com