DG

blogger com Doses na medida certa sobre gestão, finanças e empreendedorismo para administradores e gestores

DG

CONTROLE SUAS FINANÇAS PESSOAIS EM 03 PASSOS

Controlar as finanças pessoais para alguns é um sério problema, estão sempre com seus ganhos comprometidos meses à frente ou não conseguem poupar nem investir parte do que recebem.

Nas minhas aulas de Administração Financeira mesmo que em tom de brincadeira os alunos deixam visível pelo menos à maioria que não tem o hábito de poupar ou investir, e pelo que percebo em conversas informais esse é o comportamento da maioria das pessoas.

Ainda segunda eles o dinheiro demora apenas tempo suficiente de pagar as contas, e este é um ciclo vicioso que se não for interrompido pode levar uma vida inteira. Pode ser que você caro leitor tenha se identificado com parte do que foi dito até aqui, eu que escrevo esta coluna, durante anos também tive o mesmo comportamento.

Este comportamento de gastar antes de ganhar, de comprar parcelado em 12 vezes e ficar endividados é de berço, nós brasileiros aprendemos desde criança vendo nossos pais, tios e avós fazerem isso.

Anos atrás li um artigo em uma revista de negócios que diz que o maior amigo do comodismo é o salário, e de fato ficamos acomodados de saber que todos os meses, a partir do dia 05 vamos receber um pagamento e temos que ajustar nossas despesas àquele valor.

Não estou dizendo que é errado ou ruim viver de salário, para muitos é dessa forma que conseguem sustentar suas famílias através de um trabalho digno com jornadas extensas e muito esforço físico. 

O objetivo desta série de artigo é ajudar com dicas uteis e práticas, independente do valor recebido a ter um controle das finanças pessoais e a partir dai, quem sabe com disciplina, conseguir poupar ou investir um pouco desses ganhos.

POUPADOR VERSUS INVESTIDOR

Qual a diferença entre poupar e investir? Você poupa ou investe parte do que consegue guardar da sua renda? Poupador é quem aplica seu dinheiro na poupança e se contenta com rendimentos de no máximo 0,5% ao mês, guarda esse dinheiro como uma espécie de fundo de reserva para imprevistos futuros ou pensa em gastar em uma viagem, comprar um veiculo ou imóvel.

A grande questão é o retorno e o risco, quanto maior o risco que está disposto a correr consequentemente maior será o retorno, no caso do poupador ele não está disposto a correr riscos e se contenta com o rendimento da taxa informada acima.

Investidor é o sujeito que aplica com objetivo de obter um retorno bem maior do que a poupança, pois acredita que tem o dever de fazer seu dinheiro trabalhar pra ele, espera que com o retorno deste investimento possa aumentar seu capital, também está disposto a correr riscos e está atento ao prazo da aplicação seja no curto, médio ou longo prazo.

São estilos diferentes, poupar significa simplesmente guardar recursos, tem o mesmo sentido de estocar para usar no futuro, investir tem a ver com retorno financeiro sobre o capital investido,  disposição de correr algum risco e diversificar carteira de aplicações.

 Qual deles é a melhor opção? Cabe a você decidir, durante esses 03 artigos vamos entender o que você deve fazer para ajustar seus rendimentos com dicas uteis e práticas para controlar suas finanças pessoais então poderá decidir poupar ou investir.

Aproveite e baixe o Guia Prático para Empreendedores Iniciantes, clique AQUI. Eu não sei até quando esse conteúdo de extrema qualidade vai ficar disponível aqui na página. Baixe o seu agora mesmo.

Curta nossos artigos e compartilhes com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com