DG

blogger com Doses na medida certa sobre gestão, finanças e empreendedorismo para administradores e gestores

DG

FORMAR BEM O PREÇO DE VENDA PARTE 01

CONTINUAÇÃO DE 05 COISAS QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE EMPREENDER

Todo produto ou serviço é vendido por um preço, cabe ao consumidor a decisão de aceitar pagar este preço ou não, por este motivo é importante destacar que quem determina o valor monetário de um produto é o mercado, para facilitar a compreensão, podemos citar como exemplo uma simples xícara de Café, na padaria da esquina os clientes estão dispostos  a pagar na minha cidade no máximo R$ 2,00, já em um aeroporto  de uma grande capital uma xícara de café e digo porque já paguei,  é vendida pelo valor aproximado de R$ 12,00. Fazendo uma analise deste cenário, se a padaria da esquina da minha cidade com a mesma estrutura que ela tem hoje cobrasse o mesmo valor cobrado em um aeroporto, com certeza ninguém estaria disposto a pagar.

Para formação de preços deve se considerar dois Aspectos.  Os Aspectos Mercadológicos e Aspectos Financeiros,  vamos falar primeiro dos aspectos mercadológicos,  para compreender fica claro que o mercado é quem  determina quanto esta disposto pagar por determinado item, assim quando um novo agente tenta vender um produto ou serviço acima do que  é praticado, o resultado é que para que  ele consiga, deve agregar valor a esse produto,  este valor é um diferencial que a concorrência não tem e que justifique cobrar um preço acima do esperado, a exemplo do cafezinho relatado antes, a padaria agrega valor quando melhora sua estrutura oferecendo um ambiente climatizado, atendimento diferenciado, utiliza  marcas de café que os outros concorrentes não tem, um preparo diferente e um modo de servir personalizado, o café pode ser o mesmo, mas o que pacote que está em volta, não.

Esse aspecto é relativo ao mercado, o preço de venda deverá estar perto do praticado pelos concorrentes diretos da mesma categoria de produto e qualidade, fatores como conhecimento da marca, tempo de mercado, volume de vendas já conquistado e agressividade da concorrência também exercem influência direta sobre o valor do produto.

E qual a importância de formar bem o preço de venda? Porque é desse preço que vem a margem de lucro, que é o motivo pelo qual alguém decide empreender, obter ganhos financeiros para com isso dar mais conforto para si e para a família. No entanto, muito mais que vontade de trabalhar, disposição para fazer a coisa acontecer é necessário ser racional, fazer uma pesquisa de preços no mercado, uma analise de custos e utilizar ferramentas de formação de preço como mark-up.

Assim para empreender antes você deve  primeiro conhecer bem seu produto e tudo o que esta relacionado conforme visto na Seção 01, o segundo passo é formar bem o preço de venda,  e para justificar esta afirmação, uso mais uma vez a experiência de empreender sem pesquisa de mercado, como já sabem abri quatro negócios diferentes dos quais tive que fechar três, ainda sobre a franquia relatada na seção 01, abrimos o negócio sem pesquisa de mercado, confiamos unicamente na fala do franqueador e já começamos a imaginar os possíveis ganhos.

Quando abrimos a portas,  começamos a ofertar um serviço no mercado a um preço acima do que é praticado e o pior é que não sabia se quer que já tinha um concorrente, foi quando percebi a importância de entender sobre a diferença de preço e valor.  O concorrente há anos fazia esse trabalho sem muito alarde, cobrava o preço que achava que deveria cobrar, pois ele mesmo executava, não tinha concorrente e não pagava participação das receitas pra ninguém, assim era fácil determinar o preço dos seus serviços, suas despesas eram mínimas.

Nosso caso era diferente, pagávamos aluguel em uma avenida com grande movimento de veículos, fizemos um investimento razoável em infraestrutura e ainda tínhamos que pagar a participação das receitas brutas para a franqueadora, diante deste cenário  descrito, perceber que o cliente não estava disposto a pagar o preço dos serviços que estávamos oferecendo, que os poucos orçamentos não se concretizam em vendas porque na concorrência encontravam um preço abaixo é frustrante e preocupante, pois como já dito as contas tem data e hora para vencer,  o fato de já estarmos funcionando já é motivo para gastos fixos que mais a frente serão abordados de forma detalhada.

Próximo post damos daremos continuidade a este tema, aguardo vocês.



Curta nossos artigos e compartilhes com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com